{ "data": [ { "event_name": "Purchase", "event_time": 1656095153, "action_source": "email", "user_data": { "em": [ "7b17fb0bd173f625b58636fb796407c22b3d16fc78302d79f0fd30c2fc2fc068" ], "ph": [ null ] }, "custom_data": { "currency": "BRL", "value": 1.99 } } ] "test_event_code:" "TEST15652" }
 

Microagulhamento / Indução Percutânea de Colágeno com Agulhas (IPCA)

Técnica criada para tratamento de cicatrizes, manchas (melasma) e melhora da textura da pele através da indução de colágeno. O microagulhamento pode ser feito com aparelhos manuais e descartáveis, através de canetas eletrônicas ou associados à radiofrequência. 

A injúria das pequenas agulhas estimula a produção de fibras de colágeno da camada mais profunda da pele para a mais superficial, regenerando-a e trazendo uma pele mais viçosa, firme e com menos marcas.

O procedimento deve ser feito com toda assepsia, em ambiente estéril, com aparelho descartável e individual. Pode ser usado rolinhos ou canetas com agulhas estéreis de diferentes tamanhos, a depender da indicação clínica de cada paciente.

microagulhamento.jpg

A recuperação é diretamente proporcional ao tipo de tratamento que foi feito. A IPCA pode ser um tratamento leve ou agressivo, dependendo de cada caso. No tratamento mais superficial, a pele fica levemente vermelha no dia do procedimento, estando totalmente recuperada com cerca de 5 dias. O número de sessões vai variar de acordo com o tipo de pele, idade e o “problema” que o paciente estiver tratando. O intervalo entre as sessões é em geral de 30 dias .

A IPCA pode ser feita em qualquer tipo de pele. Pode também ser utilizado em peles negras, essa é uma dúvida frequente. É contraindicado em peles com infecção local ou lesões de espinhas ativas no dia da sessão.

Atualmente temos visto muitos profissionais não qualificados realizando a técnica e até mesmo alguns pacientes comprando para uso domiciliar, o que traz enormes riscos de infecção e manchas.