{ "data": [ { "event_name": "Purchase", "event_time": 1656095153, "action_source": "email", "user_data": { "em": [ "7b17fb0bd173f625b58636fb796407c22b3d16fc78302d79f0fd30c2fc2fc068" ], "ph": [ null ] }, "custom_data": { "currency": "BRL", "value": 1.99 } } ] "test_event_code:" "TEST15652" }
 
Buscar
  • Dra. Bruna Tavares

Cabelos e treino

Atualizado: 4 de ago. de 2020



Sim, o suor pode comprometer a saúde das nossas madeixas!


Mas nem por isso desistiremos de treinar. Afinal, os benefícios são incontáveis, né?


Como então minimizar esses danos? Lavar todos os dias ou não?


Isso vai depender da intensidade do treino e também do seu tipo de cabelo, mas o suor excessivo não deve permanecer no couro cabeludo e nos fios.


Durante o treino, mantenha o cabelo preso e tenha em mãos uma toalha para secar o excesso de suor.


Cuidado com elásticos e com a força que os cabelos foram amarrados, pois podem levar a quebra e alopecia de tração.


Se o exercício for ao ar livre vale investir em protetor solar e chapéus ou bonés. Lembrando que os tecidos devem permitir a ventilação local.


Uma dica preciosa também é aproveitar o momento do treino para usar máscaras capilares e tônicos para a raiz. Óleo de abacate, jojoba, coco ou semente de uva são excelentes opções. Óleos essenciais podem ser usados para estimular o crescimento e controlar a oleosidade, gosto muito dos óleos de manjerona, rícino e lavanda, lembrando que não devem ser usados puros e sim diluídos.


Quanto a lavagem, cabelos oleosos, por exemplo, devem sim ser lavados diariamente em praticantes regulares de atividade física. Já cabelos muito secos ou sensibilizados devem ser lavados caso fiquem muito suados. Nesse caso, pode enxaguar até mesmo só com água para remover o suor e usar um condicionador em seguida. Ou, preferencialmente, usar os cremes de limpeza sem sulfato.


Muito cuidado com shampoo seco. Seu uso frequente pode irritar o couro cabeludo e até impedir o crescimento saudável dos fios. Sem contar o risco de proliferação bacteriana ou fúngica! Se usar num dia, lave no dia seguinte. E evite usá-lo mais que uma vez por semana.


Caso lave a noite, o ideal é também secar o cabelo, pois a umidade pode favorecer quebra e dermatites no couro cabeludo.


Também é fundamental manter um cronograma capilar e caprichar na hidratação dos fios.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo